top of page
Buscar
  • Foto do escritorPhillipe Marques

Você está preparado para ser substituído?




Essa pergunta é muito forte para você? Pois não deveria, ainda mais em um mercado que está em constante evolução.


Diariamente vemos surgir novas tecnologias que na teoria irão substituir a forma bruta na execução de tarefas desde a mais simples até a mais pesada.

Falando em evolução, desde a produção em série de veículos por Henry Ford até hoje com a aplicação efetiva da Inteligência Artificial como a propaganda da Volkswagem, podemos ter a certeza de que iremos sempre ter uma inovação para ajudar a transformar o mercado de trabalho.


Hoje no campo por exemplo temos maquinários que no pasto estão trabalhando sem uma pessoa dentro; o operador está no conforto de casa utilizando um computador ligado a um satélite para operar a máquina e fazer com que a colheita seja realizada.

Na medicina temos robôs que realizam grandes cirurgias com pequenos cortes e pouco invasivas, em comparação às cirurgias antigas que tinha que fazer grandes cortes.


Para o marketing e comunicação não é diferente, temos por exemplo o Chat GPT e seus “primos” que conseguem entregar inúmeras tarefas de uma forma rápida, mesmo que duvidosa, porém tem auxiliado diversos profissionais a trabalhar de maneira mais ágil, incluindo acadêmicos que o utilizam a AI para seus trabalhos de faculdade.


Justamente aí que mora o perigo; ao surgir ferramentas como essa, o trabalho de cada profissional é posto em check pois fica a dúvida de que o profissional em si é mais viável do que a ferramenta, inclusive pelo seu custo-benefício.


Por isso deixo o questionamento do título, você leitor está preparado para ser substituído por uma ferramenta ou está tranquilo com sua entrega de demandas?

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page